Friday, July 06, 2007

"Superioridade moral"

É frequente acusar-se a esquerda de se achar "moralmente superior". Ora, quem diz isso (pelo menos, se fôr de direita) está a cair no mesmo "pecado": quando se diz isso, está-se a implicar que a direita não se acha "moralmente superior" (afinal, se tanto a esquerda como a direita se achassem moralmente superiores não faria sentido fazer essa acusação à esquerda). Ora, dizer (mesmo por outras palavras) que "a esquerda acha-se moralmente superior e a direita não" acaba por ser uma forma de dizer que... a direita é moralmente superior.

Na verdade, penso que é a coisa mais natural que quem professe uma dada ideologia tenda a achar que quem siga essa ideologia é "superior" a quem não a siga. Afinal, se eu sigo a ideologia X é porque acho que essa ideologia é a melhor. Logo, se há pessoas que não seguem a ideologia que é a "melhor" é porque, ou não compreendem que essa ideologia é "a melhor" (e, nesse caso, é porque são ignorantes ou pouco inteligentes), ou então estão ao serviço de alguma agenda obscura e maléfica.

Houve alguém que disse (ou escreveu?) que não havia nenhum radical que fosse simultaneamente "inteligente, honesto e sensato" - na verdade, implícita ou explicitamente, acho que qualquer corrente politica acha isso dos seguidores de outras correntes politicas (afinal, se eles fossem inteligentes, honestos e sensatos, como poderiam defender ideias erradas?).

2 comments:

guilherme roesler said...

Miguel,

ninguem escolhe um pensamento se não considera este superior que os demais.

Quem é de esquerda e quem é de direita o é por achar que uma postura é melhor que a outra.

Se não fosse assim, como poderia ser? Se ninguem tivesse, a priori, certos parametros de analise politicos sociais, como visualisar as causas dos problemas politicos e sociais?

Se esta "arena" pudesse existir seria terreno fértil a populistas e demagogos. Ninguem saberia de nada e todas as decisões seriam tomadas no imediatismo.

Entretanto, e não digo isso de forma alguma, é que tanto a direita como a esquerda devam ficar reclusas entre si.

O fato de ser direita ou ser de esquerda não pde limitar o debate e a ampliação de perspectivas.

Ao contrario. O fato de ser de direita não impede a tomada de posturas esquerdistas e vice versa.

Filipe Abrantes said...

O ponto é que em geral é direita é mais pragmática e realista. Logo, critica a arrogancia moral da esquerda pois isso corrói o debate e impede que se discuta o essencial.