Friday, June 12, 2009

Evolução da representação do "Grupo da Esquerda Europeia", nestas eleições europeias (II)

Ali em baixo, o raivaescondida escreve "A esquerda é uma grande confusão. Não poderiam ao menos dividir entre ortodoxos e não ortodoxos? Ficaria mais f´cail."

Essa divisão existiu entre 1989 e 1993 - havia a Unidade de Esquerda (ortodoxa) e a Esquerda Unida Europeia (não-ortodoxa); como os comunistas italianos mudaram de nome e passaram para o grupo socialista, a EUE desfez-se e no PE seguinte os dois grupos acabaram por unificar-se.

No entanto, tentei fazer uma divisão entre ortodoxos e não ortodoxos para o GEE actual:



2004 2009 +/-
Ortodoxos PCP 2 2 0

KKE (Grécia) 3 2 -1

Sub-total 5 4 -1
não-Ortodoxos AKEL (Chipre) 2 2 0

PC da Boémia-Morávia 6 4 -2

Movimento Anti-UE (Dinamarca) 1 1 0

Aliança de Esquerda (Finlândia) 1 0 -1

PC Francês/Frente de Esquerda 3 5 +2

PDS/Die Linke (Alemanha) 7 8 +1

Syriza (Grécia) 1 1 0

Sinn Fein (Irlanda+RU) 2 1 -1

Refundação Comunista (Itália) 5 0 -5

P. dos Comunistas Italianos 2 0 -2

Partido Socialista (Holanda) 2 2 0

Bloco de Esquerda (Portugal) 1 3 +2

Esquerda Unida (Espanha) 1 1 0

Partido da Esquerda (Suécia) 2 1 -1

Sub-total 36 29 -7
TOTAL
41 33 -8

Pode ser que se perceba alguma coisa..

Editado: o Gabriel Silva e o raivaescondida têm toda a razão - o PCP tem 2 deputados, não 1. Mas, se eu me enganei nos deputados do PCP, que garantia têm os leitores que os outros números estão certos (têm que confiar em mim ou então ir conferir)?

2 comments:

Gabriel Silva said...

Miguel,
Os dois eleitos da CDU não são ambos do pcp?

raivaescondida said...

Os deputados do pcp estão errados. Eram dois salvo erro e mantiveram 2.