Monday, June 08, 2009

Qual a causa da força do Bloco em Portimão?

O melhor resultado distrital do Bloco de Esquerda foi em Faro, e o melhor resultado concelhio em Faro foi em Portimão. Em termos nacionais, Portimão é capaz de ter sido o terceiro melhor resultado concelhio do BE (17,09%), atrás do Entrocamento (20,12%) e de Salvaterra de Magos (18,86%).

A esse respeito (dos resultados no Algarve no seu todo), Jorge Candeias escreve:
"O Bloco não tem estruturas locais particularmente visíveis, nenhum dos seus dirigentes de maior relevo é oriundo da região, não há no Algarve nenhum dos factores que costumam associar-se ao Bloco, e, no entanto, olhando para o país todo, vê-se que é no Algarve que o Bloco obtém maior percentagem, praticamente 15%. Só o distrito de Setúbal lhe chega perto, também acima dos 14%. No meu concelho, Portimão, chega mesmo aos 17%, e na freguesia de Portimão, isto é, na cidade propriamente dita, aproxima-se dos 17,5%."
A respeito dos resultados de Portimão, escreveu há uns tempos:
"Não me peçam uma explicação concreta, que não sou sociólogo, mas tenho uma ideia. Sempre achei que Portimão era uma grande cidade de pequenas dimensões, isto é, uma cidade pequena (a caminhar para média) com espírito, mentalidade e ambiente de grande cidade, contrastando nesse aspecto com alguns aglomerados urbanos até maiores que, no entanto, mantém uma maneira de olhar para o mundo bem mais aldeã."
Eu não tenho tanta certeza que Portimão seja uma grande cidade em ponto pequeno - o ambiente de Portimão parece-me muito diferente do de Lisboa, p.ex.

E aqueles aspectos das grandes cidades que costumam estar associados a partidos estilo BE parecem-me em grande parte ausentes em Portimão: poucos estudantes universitários, reduzido meio "artístico" e/ou "intelectual", penso que pouca classe-média-assalariada-instruída (quase só os professores me parecem encaixar nesse perfil), pouca "cena alternativa", etc. Em termos de vida nocturna, acho que o Bairro Alto tem um peso relativo em Lisboa muito maior do que o Porta Velha/Chocolate Café/Bom Apetite/alguma-coisa-que-me-escape têm em Portimão (nesta analogia, estou a equiparar a Praia da Rocha e Alvor à 24 de Julho e às Docas).

Ou seja, qual a causa da força do BE em Portimão? Sinceramente, não sei. Talvez escreva mais alguma coisa sobre isso, se me ocorrer algo.

A respeito de nenhum dirigente bloquista ser oriundo da região - a família materna de Louçã é do Algarve, mas duvido que isso tenha importância.

1 comment:

raivaescondida said...

Não faço a mínima ideia.
Será que nos vêm como pessoas "mais limpas" e mais "verticais" , "diferentes"?
Não sei.