Thursday, January 08, 2009

Noticias de Gaza

A Agência da ONU para a Ajuda aos Refugiados Palestinianos (UNRWA, na sigla em inglês) anunciou hoje a suspensão das suas actividades humanitárias na Faixa de Gaza, depois de um ataque israelita a uma coluna de veículos da agência, anunciou hoje um porta-voz da UNRWA.

(...)

"Uma coluna de automóveis que se dirigia para Erez foi atacada”, anunciou Gunness. “Dois morteiros foram disparados contra um camião e morreu uma pessoa”, acrescentou, sublinhando que o envio da coluna de veículos tinha sido combinado previamente com o Exército israelita.



O CICV acusa Israel de não estar a cumprir as suas obrigações humanitárias depois de alguns dos seus funcionários terem assistido a cenas “chocantes”. Um médico encontrou 12 cadáveres numa casa atingida pelos confrontos. Junto aos corpos, estavam quatro crianças, demasiado frágeis para conseguirem andar, que esperavam sentadas junto aos cadáveres das respectivas mães, indicou o CICV.

Os funcionários da Cruz Vermelha na região estiveram impossibilitados de aceder aos locais atingidos durante vários dias.“É um episódio chocante”, disse em comunicado Pierre Wettach, chefe do CICV para Israel e para os territórios palestinianos. “Os militares israelitas deviam estar a par da situação, mas não fizeram nada para ajudar os feridos. E também não tornaram possível a nossa ajuda, ou a ajuda do Crescente Vermelho”, indicou Wettach, citado pela BBC.

Alguns analistas já indicaram que estas críticas são particularmente pesadas por parte de uma agência considerada isenta e neutra.

O Exército israelita disse, porém, à Reuters que quaisquer alegações graves de negligência na assistência aos feridos seriam devidamente investigadas, uma vez apresentada uma queixa formal.

Paralelamente, a Amnistia Internacional acusou ambas as partes de usarem civis como escudos humanos.

1 comment:

Diogo said...

Jon Stewart - 50% dos governadores do Estado do Illinois estão encarcerados por corrupção

CNN: O governador do Illinois, Blagojevich tentou extorquir contributos para a campanha de pessoas com contratos estaduais… Blagojevich tentou vender o lugar no Senado que o Presidente eleito, Barack Obama, deixara vago.

Fox News: Blagojevich tentou conseguir o cargo de embaixador ou ser nomeado Secretário da Saúde e Recursos Humanos. Ele queria um emprego para a mulher. Ele queria dinheiro. …Blagojevich queria despedir a Comissão Editorial do "Chicago Tribune".

Jon Stewart: Sabem que mais? Deixem-me simplificar isto. Do que não está ele a ser acusado?

Personagem de um filme antigo de cowboys: "De molestar um cavalo morto."

Jon Stewart: Presumo que seja um exagero. É óbvio que Blagojevich não fez nada que chegue ao nível de maldade da bestialidade necrófaga.

Fox News: O governador Blagojevich, diz a Acusação, tentou extorquir uma contribuição de 50 mil dólares do director de um hospital pediátrico, ameaçando negar ao hospital fundos estaduais.

Jon Stewart: Era melhor teres f… um cavalo morto. Blagojevich andava a extorquir um hospital pediátrico!

Jon Stewart: Infelizmente, o suborno não é novidade no Estado de Illinois. O anterior governador, George Ryan, deixou o cargo quando foi acusado de corrupção e está actualmente a cumprir uma pena de seis anos. Mas não é tudo. Três dos últimos sete governadores do Illinois foram parar à prisão. Então isto totaliza 4 dos últimos 8 governadores do Illinois que são encarcerados por corrupção: 50%.

Jon Stewart: Ouçam meninos, ser governador do Estado de Illinois pode parecer deslumbrante, mas é um beco sem saída. É um bilhete de saída para lado nenhum. 50% dos governadores do Illinois acabam presos. Por amor de Deus! Sabiam, e isto é verdade, que apenas 48% dos homicidas são presos pelo seu crime? É mais provável serem presos se se tornarem governadores do Illinois, do que se tornarem homicidas. Por isso, hoje digo-vos isto: a escolha é vossa, meninos. Façam a escolha inteligente.

VÍDEO legendado em português